(71) 3321-7652 / 3328-0101

Blog

Nem todo mundo pode fazer clareamento; saiba se você se encaixa em alguma situação

29 de agosto de 2018

Uma data importante, como um casamento ou formatura, geralmente é o momento escolhido para dar aquele brilho ao sorriso, deixando-o ainda mais lindo. Em outros casos, a vontade de ter dentes brancos parte apenas da insatisfação com algumas manchinhas ou com aquele aspecto amarelado. E não é para menos, né?! Um clareamento dental é capaz de transformar um sorriso e aumentar a autoestima. No entanto, existem algumas situações em que o tratamento não é indicado.

Um aspecto importante a ser lembrado é que o clareamento, assim como qualquer outro procedimento, deve ser recomendado por um profissional, independente de ser o clareamento caseiro ou a laser, feito no consultório. Quando se trata de saúde bucal, não dá para brincar. Quando um clareamento não é realizado de forma adequada, as consequências para o sorriso podem ser simples, como não conseguir o resultado ideal, ou grave, como uma fratura no dente.

As restrições para realizar esse tratamento são poucas. No entanto, é preciso ficar atento. Pacientes que tenham alergia a algum dos componentes do gel clareador, irritações gástricas e gengivais, alterações congênitas no esmalte dental, menores de 15 anos, pacientes com doença grave e grávidas não devem realizar clareamento. Uma opção para esses pacientes são as lentes de contato. Assim como o clareamento, elas proporcionam reabilitação estética do sorriso, corrigindo manchas e imperfeições.

Quem quer fugir das lentes, já que é um procedimento invasivo, exigindo o desgaste dos dentes, a saída é caprichar na higiene bucal. Escolha a escova mais adequada, escove os dentes por, em média, dois minutos, não abra mão do fio dental e finalize com um bom enxaguante bucal. Além disso, inclua na sua agenda visitas regulares ao dentista, para a realização da profilaxia.

2018 © Copyright. Odontolapa. Todos os Direitos Reservados.